09 setembro 2015

Histórias de uma Menina

Eu nunca me imaginei como estou, e agora vejo o quanto eu sou otaria. Nada na minha vida é como antes e eu não sei mais o que sinto. Ando desnorteada, sem rumo. Planto sonhos e colho pesadelos. Será que a culpada sou eu? Ou foi o tempo? Talvez minhas escolhas me trouxeram até aqui. Malditas escolhas. O que fazer agora? Logo eu que nunca me imaginei assim. Deve ser castigo ou apenas destino. Mas sei que toda tempestade passa, é só ter paciência. Espero que meu arco-íris seja o mais colorido de todos, não por egoísmo mas por meritos. Meritos dessas histórias de uma pobre menina sozinha.

Nenhum comentário

Postar um comentário